Últimas Notícias

VER TODAS
Um dia especial como hoje é uma boa oportunidade para se falar de valores que devem nos acompanhar durante a vida Queridos Gabriel e Sophie:
Tema foi destaque do II Congresso Luso-Brasileiro de Psico-oncologia, que reuniu especialistas dos dois países Um dos destaques do II Congresso Luso-Brasileiro de Psico-oncologia, realizado virtualmente nos dias 23 e 24, foi a comunicação entre médico e paciente. Coube ao oncologista Ricardo Caponero, do Hospital Oswaldo Cruz, dar a dimensão da sua relevância numa doença tão associada a más notícias. Em sua palestra, salientou como a formação médica é falha neste aspecto, a ponto de a Sociedade Americana de Oncologia Clínica (Asco em inglês) ter lançado documento com as diretrizes para orientar os profissionais.
Pesquisadores alertam que é preciso investir na prevenção e que uma proporção maior de homens será afetada pelo problema A fratura de quadril caminha para se tornar uma severa questão de saúde pública global à medida que a população envelhece e fica mais frágil. Pesquisadores da Universidade de Hong Kong analisaram dados de pacientes de 19 países, com 50 anos ou mais, que haviam sofrido fratura entre 2005 e 2008. Com base nas informações disponíveis, a projeção é de que, em 2050, esse número dobre, com uma proporção maior de homens sendo afetados pelo problema.
Em artigo, professora de direito afirma que é preciso discutir como avaliar se o desempenho de um profissional da saúde está sendo afetado Médicos mais velhos se beneficiam de sua longa experiência e das habilidades que desenvolveram ao longo de décadas de prática. Ao mesmo tempo, à medida que o tempo passa, aumenta o risco de declínio cognitivo – que não é exclusividade de pacientes – impactando seu desempenho e tomada de decisões. O comprometimento cognitivo pode afetar seriamente a performance de um profissional da saúde ao causar lapsos de memória, redução da atenção e da capacidade de resolver problemas. Como lidar com a questão? Cabe ao conselho dos hospitais desenvolver formas de monitoramento e tomar algum tipo de atitude? Há limites éticos e morais para essas ações? Esse foi o teor do artigo da advogada Sharona Hoffman, professora de direito e bioética da Case Western Reserve University, publicou no “Journal of Medical Regulation”.
A pouco mais de uma semana do Dia Internacional da Pessoa Idosa, candidatos não têm se manifestado sobre esse segmento da população Em 1º. de outubro, comemora-se o Dia Internacional da Pessoa Idosa. Será a véspera do primeiro turno das eleições, por isso aproveito para tratar de uma questão que vem sendo relegada ao segundo (ou seria quinto?) plano: as políticas públicas voltadas para o envelhecimento ativo dos cidadãos. Não estou sozinha na empreitada. Pedi a contribuição de estudiosos do assunto e começo pelo médico e gerontólogo Alexandre Kalache, presidente do Centro Internacional de Longevidade Brasil (ILC-BR), que também dirigiu o Departamento de Envelhecimento e Curso de Vida da Organização Mundial da Saúde. “Há 35 milhões de brasileiros com 60 anos ou mais e estamos envelhecendo num cenário de enorme desigualdade”, analisa, propondo cinco eixos de ação:

Galeria de Fotos

VER TODAS

Galeria de Vídeos

VER TODOS

Mural de Recados

VER TODOS
  1. O melhor site, a melhor rádio... Suz.ydias, quarta, 07 de outubro de 2020 às 09:29
  2. A melhor rádio da cidade parabéns ???????????? Suzana , tera, 15 de setembro de 2020 às 17:21
Luis Eduardo Magalhães-BA
22º nuvens dispersas
36% Nuvens, Vento: 3,82 km/h

Top 10

A playlist Top 10 da Rádio!
Termina Comigo Antes
Gusttavo Lima
Haja Colírio
Guilherme e Benuto feat Hugo e Guilherme
Erro Planejado
Luan Santana feat Henrique e Juliano
Larga Aí Pra Ver
Léo e Raphael ft. Jorge
Nem Namorado e Nem Ficando
Israel & Rodolffo, Maiara e Maraisa
Melhor Ser Uma Saudade
Zé Neto e Cristiano
Fala Mal de Mim
Gusttavo Lima
Bloqueado
Gusttavo Lima
Te Amo Demais
Marília Mendonça
10ª Abalo Emocional
Luan Santana